Quem matou Marvin ?


Marvin Gaye nasceu em Washington em 1939. Era filho do Pastor Marvin Pentz, conhecido pela moral rígida e de costumes intransigentes.

Marvin, cresceu na igreja pastoreada por seu pai, onde acabou desenvolvendo seu dom musical, cantando louvores gospel.

Após abandonar a força aérea em 1957, inicia sua carreira musical, cantando musica secular, fato que desencadeou num rompimento com seu pai.

Marvin, chamou a atenção do presidente da Motown Records (gravadora de música negra), onde gravou seu primeiro single, que alcançou o primeiro lugar na "parada norte-americana".

Nasce um mito da música negra !


O relacionamento com seu pai sempre foi conturbado, pois o mesmo não aceitava a carreira musical do filho, no entanto vivia regaladamente do que o Marvin lhe proporcionava, como : Mansão, carros e jóias. O jovem cantor tentou várias vezes o suicido, pela pressão moral do Sr. Marvin Pentz.

Após a última turnê em 1984, Marvin foi passar uma temporada com seus pais.

No 1 de abril, nesse fatídico dia, seu pai agride fisicamente sua mãe, Marvin a defende golpeando-o com um soco. Seu pai, vai até a cômoda, pega uma arma e dispara contra seu próprio filho, assassinando-o.

A ironia é que Gaye foi morto por uma arma que ele próprio havia dado de presente para seu pai. Detalhe, um dia antes de completar seu 45º aniversário.

O Pastor Marvin Pentz foi condenado a seis anos de prisão, após ser declarado culpado por homicídio. Passou o final de sua vida em um asilo, onde morreria de
pneumonia em 1998.

A meu ver, quem matou Marvin, foi o maldito e velho "legalismo", que encontrou abrigo num coração não convertido ao evangelho...embora o coração em questão, pertencesse a um "pastor".


Fonte: Cativos Por Cristo

 
Marvin Gaye "God is Love" (1971)



Marvin Gaye "Lets Get It On"