Coisas de Crente...

lOKAVENTURAS PENTECA OS TAIS
 


Irmãos, não sejais meninos no entendimento, mas sede meninos na malícia, e adultos no entendimento” 1ª Coríntios cap. 14 vs. 20

O tal do crente é um bicho esquisito cheio de cacuetes e sandices! Sei que alguns vão me rotular como sensacionalista, despeitado, amargurado, enfim e afins, mas o que faço são só constatações da realidade e do que aí está instalado e escancarado como contradição e chocarrice ao Evangelho.

A minha intenção é fazer uma catalogação concisa, divertida e reflexiva das bizarrices da ambiência gospel, com o conteúdo daquilo que eu mesmo já pratiquei, e também do que tenho visto e ouvido. Aí vão elas...

Coisas de crente...

Soltar no comércio o famoso “CHEQUINHO ESCATOLÓGICO” (EM BREVE VOLTARÁ), na fé e esperança de que: “O meu Deus suprirá todas as minhas necessidades e safadezas também em CRI$TUTU GÉ$UI$!”.

Dizimar e ofertar achando que a doação se transformará em título de capitalização e apólice de seguro (O Mandrake Divino multiplicará e repreenderá o capeta migrador, cortador, furador “de pneu de carro”, o capeta “gripeiro”, aquele que coloca gripe nos crentes, o capeta rasgador de cueca, etc.).

Abrir lojinha de “MODA EVANGÉLICA” e escrever na placa: “DEUS É FIEL!”. Temos modelos para todos os estilos (Será que tem saia, calça e camisa social pra Heavy Metal, Gótico, Emo e demais tribos também?!).

Abrir lojinha de “SEX SHOP” (É! isso é coisa de crente! Sem “GOZAÇÃO” heim...) e escrever no cartão de visita: “Deus seja louvado!”.

Adesivar o carro com a frase: “PROPRIEDADE EXCLUSIVA DE JESUS”, e não colocá-lo a serviço do Reino de Jesus (Dar carona na saída da igreja para aquela irmã sarada de 180 kilos com aqueles mulekes esfregando ranho no estofado do meu possante! JAMÉ!).

Dar entrevista na televisão, e arrematar as interlocuções do repórter com um caloroso “GLÓRIA A DEUS, ALÉLUIA GÉZUIS! CHUPAXITABALAHALLS”.

Fazer festa de casamento ou aniversário com pluralidade de convidados, e só servir refrigerante e tocar música evangélica sem direito a uma boa dança e um rala buxo (Pode existir coisa mais chata e sem noção que essa?!).

Evangelizar na praia de terno e gravata com o rosto voltado para o horizonte, para não cair na tentação de desviar os olhares para os “ATRIBUTOS FEMININOS EM EXPOSIÇÃO”.UUUIIII!!!

Pasme! Usar vaso sanitário e estender as mãos em direção ao dito cujo, suplicando ao Senhor para santificá-lo (Será que o papel higiênico pode se redimir também depois de usado?!)

Pasme outra vez! Dizer para o enfermo do coração: “Você precisa ter fé e abandonar todos esses medicamentos!”, e um mês depois o desafortunado falecer de um infarto fulminante (Se fosse eu, viria todas as noites assombrar o infeliz do crente!).

Jogar bola no churrasco da Igreja com a barra da calça dobrada, combinando com camisa e sapato social (Sugestão para uniforme da seleção mega-brega brasileira da copa de 2014).

Fazer “CANTINA NA IGREJA” (Noite da pizza, do pastel, do sorvete, da panqueca, etc.) para sustentar os missionários no campo (Se o missionário fosse eu, devolveria a esmola com a seguinte frase: manda a tua mãe aqui no meu lugar Tio Patinhas Gospel!).

Fazer oração e ministração personalizada no dia da “SANTA CEIA” para todos os dizimistas e ofertantes fiéis (Me ajuda AÊ Ô! Chama o Datena A ROTA E O BOPE pra essa cambada de pilantra gospel!).

Comer “MIOJO-LÁMEN” ou “LANCHE DE MORTADELA”, acompanhado de “TURBAÍNA” ou refrigerante “DOLLY” no almoço do domingo, por conta do tempo absorvido/perdido na escola bíblica dominical (Até o filho pródigo se sentiria o rei da cocada preta depois de um cardápio desse!).

Comprar DVD pirata do Diante do Trono com direito a unção do leão para evangelizar os parentes, amigos e vizinhos, depois levá-los numa reunião do Benny Hinn pra tomar um passe “PEDALA ROBINHO” e saírem descarregados de toda mandinga e olho gordo (Ou a galera se converte, ou pira na maionese de vez!).

Dar o “DÍZIMO SAGRADO” fielmente na igreja, e dar o “CALOTE SANTO” na conta de água, luz, telefone e no dinheiro emprestado do banco (Vai ser nó cego assim lá nos cafundó!).

Fazer visita de oração em lar desajustado, e metralhar profecias dizendo que tem capeta em baixo da cama, dentro do guarda roupa, na chapinha de alisar cabelo e no lençol com desenhos da DISNEY (Help me Ghostbusters e Valdemiro Santiago!)

Receber profecia de gravidez que o futuro bebê será o “Isaque”, o filho da promessa, e depois de nove meses o “CUTI-CUTI” nascer “Rebeca” com o quartinho todo “azulzinho” decorado com o Ben 10! (Eu esfregava a fuça do profeta na fraldinha suja do “CUTI-CUTI”).

E pra finalizar, se não todo tempo e livro do mundo seriam insuficientes para catalogar a diversidade e multiplicidade da criatividade da “CRENTOLÂNDIA”:

Manter o corpo da falecida esposa na geladeira do IML por um mês, para se dedicar a um período de oração com a esperança de ressurreição! (Casos de Família! Morra Abraão de dor de cotovelo com essa “fézinha” mequetréfe sua!).